17 dez

Aninha: o maior patrimônio da Escola Judicial

Nós, da Escola Judicial, que sempre divulgamos aulas, hoje postamos para noticiar a aposentadoria de uma pessoa que sabe DAR AULA de simpatia, carinho e dedicação.

 

Ana Cláudia Rodrigues: mãe de Jane e Jéssica, avó de Henry, a nossa Aninha, também conhecida como “o arquivo vivo” da Escola Judicial. Afinal, quem não conhece essa figura???

 

Em maio de 2002, Aninha começava seu trabalho no TRT5. Inicialmente, foi contratada para prestar serviços na Copa, fazendo e servindo cafezinho. Responsável pelo café mais requisitado do Tribunal, aquele que já vem junto com um abraço e um sorriso, capaz de alegrar qualquer dia. Destacou-se tanto nessa função que seu café ficou famoso e foi até apelidado de “café com amor”.

 

Posteriormente, acabou desempenhando tantas outras atividades que o nosso dia a dia era sempre acompanhado de sua TUTORIA.

 

É amiga, companheira, confidente. É também nossa irmã, nossa mãe, nossa família. É baixinha, mas sonha alto e é dona de um coração gigante, merecedora de todos os CERTIFICADOS que possam confirmar as suas inúmeras qualidades e as 24h de CARGA HORÁRIA dedicadas a amizade com todos que a conhecem.

 

Desejamos boa sorte na sua nova caminhada e, apesar de não estarmos mais juntos de forma PRESENCIAL, podemos nos ver ONLINE, pois existe, entre nós, um LINK de admiração e respeito.

 

Sua FREQUENCIA na nossa memória será eterna e seu nome sempre constará na LISTA DE PRESENÇA dos nossos corações.

 

A Escola Judicial agradece por você ter sido a nossa PROFESSORA que nos apresentou uma EMENTA rica de tantos ensinamentos. Seremos os seus eternos ALUNOS na escola da vida.

 

 

Ejud5 - 17/12/2021

 

Ex: 24/01/2022
Ex: 24/01/2022