Documentário conta a história da Ejud5

Foi lançado hoje o documentário Entre conhecimento e formação – 15 anos da Escola Judicial. O filme conta a história da Escola Judicial da 5ª Região por meio de depoimentos de seus diretores, desde a origem, como Ematra, em 1992, até os dias atuais.

No filme, a desembargadora Luiza Lomba, gestora da unidade no biênio 2013-2015, lembrou que quando ingressou na magistratura não havia Escola Judicial, “você fazia o concurso, tomava posse e era jogado na mesa de audiência”.

Diretora da Ejud5 nos anos de 2007 a 2009, a desembargadora aposentada Marama Carneiro, contou como foi a implantação da Escola Judicial no Regional, quando foi à Minas Gerais, à época como presidente do Regional, com a desembargadora Vânia Chaves, primeira diretora da Ejud5, de 2005 a 2007, “para verificar os projetos pedagógicos, sede, como eram, onde funcionavam as escolas e a forma que elas funcionavam”.

O vídeo fala ainda sobre o processo institucional de construção de escolas judiciais e judiciárias, que ganhou o reconhecimento constitucional com a Emenda 45/2004, denominada de Reforma do Judiciário. Ocasião em que surgiu a Escola Judicial do TRT da 5ª Região. Sobre esse tema, a desembargadora Débora Machado, diretora da Ejud5 nos anos de 2009 a 2011 assegurou: “Eu sei o que é um Tribunal com Escola e sem Escola. Como também sei perfeitamente a diferença que existe entre a Escola antes da Emenda Constitucional 45/2004 e a Escola após a Emenda”.

Há relatos ainda do momento em que a Escola passou a funcionar como gestora das próprias despesas. “Foi importante criar essa independência. Já incluído no orçamento, a Escola pode deslanchar mais nas suas atividades”, ponderou o desembargador Edilton Meireles, referindo-se ao ano de 2013, último ano da sua gestão, que começou em 2011.

O filme mostra ainda a requalificação feita na unidade nos anos de 2017 a 2019, na gestão da atual diretora da Ejud5, desembargadora Margareth Costa. “Foi preciso estar à frente e arcar inclusive pessoalmente com algumas coisas para que nós conseguíssemos ter a escola que minimamente imaginávamos, que permitisse ter um ambiente em que as coisas acontecessem com maior facilidade. E cada pedaço, cada coisa foi duramente conquistado”, declarou.

Produzido pela equipe da Ejud5, com apoio da Secretaria de Comunicação Social, o documentário aborda ainda projetos desenvolvidos nas diversas gestões, reformas realizadas, parcerias firmadas, papel da escola e aprendizados adquiridos e disseminados.

Confira aqui o vídeo completo.

Silvana Costa Moreira (Ejud5) 9 ago 2019