Novo curso sobre recuperação judicial atende à demanda do público da Ejud

Após  uma primeira abordagem  por meio de painel apresentado  no mês de junho,  o tema é trazido de volta ao  auditório da Escola Judicial para um exame  mais aprofundado,  a pedido dos alunos:  qual é a lógica econômica da recuperação judicial, e quais são seus fundamentos no direito comparado? Para conhecerem as respostas a essas e outras perguntas, magistrados e servidores do TRT5 podem se inscrever no minicurso “A Disciplina Jurídica da Recuperação Judicial e suas Repercussões no Processo do Trabalho”, a se realizar no próximo dia 8 de outubro. 

A relevância do debate também se deve ao momento de crise atravessado pelo país, considerando que a recuperação judicial tem ocorrido com frequência crescente. Assim, o evento quer promover o entendimento sobre as reais finalidades da suspensão das ações trabalhistas em face da empresa em recuperação e a submissão dos créditos trabalhistas aos efeitos desse processo de reorganização empresarial.

Mais uma vez, o juiz titular da 1ª vara de falências e recuperações judiciais do Estado de São Paulo, Daniel Carnio Costa, é o instrutor convidado. Referência nacional no tema, o magistrado promoverá a interface entre a Justiça Comum - responsável pelo processamento da recuperação judicial - e a Justiça do Trabalho, visando estimular uma reflexão direcionada às necessidades do jurisdicionado e ao escopo do processo trabalhista.

Estão disponíveis 70 vagas para o minicurso, que tem duração de seis horas. Interessados devem se inscrever pelo e-mail escola.inscricao@trt5.jus.br.


Serviço

Minicurso: “A Disciplina Jurídica da Recuperação Judicial e suas Repercussões no Processo do Trabalho”
Data: 8 de outubro
Local: Auditório da Escola Judicial (Rua do Cabral, 161, 1º andar – Nazaré)
Horário: 9h às 12h e 14h às 17h
Carga horária: 6h/aula