Seminário internacional vai discutir direito do trabalho brasileiro e italiano

A carga horária do evento, de 9 (oito) horas, será computada por turno para efeito de adicional de qualificação. No tocante aos magistrados, assistentes e assessores, como horas de formação continuada.Nos próximos dias 27 e 28 de maio, a Escola Judicial junto com a Comissão de Trabalho Seguro do TRT5 (Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região) e a Università Sapienza di Roma (Itália) promoverão o Seminário Ítalo Brasileiro sobre Saúde e Segurança do Trabalho.

Com o objetivo de estudar as recentes transformações do direito do trabalho italiano, ocorridas em 2015, confrontando com a reforma trabalhista brasileira, implementada pela Lei nº 13.467/2017, o seminário focará nas inovações legislativas trazidas pelas reformas recém-aprovadas nesses países, sob a perspectiva do tema da saúde e segurança do trabalhador.

O debate busca fomentar o intercâmbio jurídico, experiências e reflexões sobre as consequências das reformas legislativas implementadas nos dois países.

Os professores da Universitá Sapieza di Roma Stefano Bellomo, Domenico Mezzacapo, Antonio Preteroti, Fabrizio Ferraro e Dario Calderara serão os representantes da instituição, trazendo os pontos que fazem parte do direito italiano.

​As inscrições para o seminário, que ocorrerá no Auditório do Pleno do TRT5, podem ser realizadas pelo e-mail escola.inscricao@trt5.jus.br.

No primeiro dia as atividades começam às 13h30 e encerram às 17h30. Na terça (28), o início será às 10h, com encerramento também às 17h30.

A carga horária do evento, de 9 (nove) horas, será computada por turno para efeito de adicional de qualificação. No tocante aos magistrados, assistentes e assessores, como horas de formação continuada.

 

 

Ejud TRT5 (Jorge Barretto e Lucila Smarcevscki) - 30/04/2019