Serão lançados livro e documentário sobre o projeto “Vivendo o trabalho subalterno”

No dia 3 de julho, às 16h15, na Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro, o Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região (TRT1) exibirá o documentário Eu, um outro: uma experiência na Justiça do Trabalho e, às 18h, após uma conversa com os magistrados participantes, haverá o lançamento do livro Vivendo o trabalho subalterno: as experiências de doze magistrados.
 
Os dois produtos são resultados de uma experiência pioneira na magistratura brasileira, na qual doze magistrados (11 juízes e um desembargador) vestiram uniformes reservados aos trabalhadores braçais, com pouco ou nenhum prestígio, e desempenharam suas funções durante uma jornada de 8 horas.

No prefácio do livro, a juíza Andrea Pachá, relatou que começou a leitura e só conseguiu “parar na última página, com um nó na garganta e lágrimas que não secavam. Desigualdade, injustiça, alteridade e solidariedade, sentimentos juntos e misturados que me comoveram profundamente”.
 
Para ela, os magistrados “investidos de poder, por meio de concurso público”, não raro perdem a conexão com a realidade e passam a se “comportar como se o olhar do outro não existisse ou não fosse relevante”.
 
Uma prévia do documentário pode ser conferida aqui.
 
Maiores informações podem ser obtidas pelo e-mail escola.judicial@trt1.jus.br.
 
Próxima edição

E se você é magistrado em exercício e tem interesse em participar do projeto, as inscrições para a 3ª edição estão abertas até o próximo dia 21. Saiba mais na matéria publicada no site da Ejud5 (
clique aqui).
 
Silvana Costa Moreira (Ejud5)